quarta-feira, 15 de julho de 2015

Por que o Pilates nunca sai de Moda?

Em tempos de crossfit e hot yoga, o pilates se mantém uma alternativa eficiente e segura de atividade.

Nada de modinha de estação. Temporada após temporada, o pilates se mantém no topo da lista de atividades seguras. Por que ele resistiu?

Pois garante resultados duradouros, uma vez que fortalece a musculatura e trabalha a consciência corporal. Sem contar o baixo impacto dos exercícios e a vibe tranquila, bem diferente dos treinos pesados que pipocam por aí.

Corpo são Mente sã


YOU CAN DO IT

O método é democrático. Desenvolvido pelo alemão Joseph Pilates na década de 1920, ele conta com séries de exercícios de força e flexibilidade, que podem ser feitos no solo ou em equipamentos com um sistema de molas. “Uma hora de aula trabalha alongamento e tonificação, sem sobrecarga e com repetições moderadas”, diz a instrutora Larissa Tonetto, de São Paulo.

TREINO SOB MEDIDA

Com ou sem aparelhos, os movimentos precisam ser acompanhados por fisioterapeutas ou educadores físicos certificados, que garantem a execução correta. Por isso, a prática é individual ou feita em turmas pequenas.

AS TOPS APROVAM


                                                Karlie Kloss (foto: reprodução/instagram)

Pernas e braços definidos, bumbum durinho e barriga chapada estão entre os principais alvos dos adeptos do pilates – entre eles, a cantora Madonna.

Os perfis no Instagram de top models, como Izabel Goulart e Karlie Kloss, confirmam que, com determinação e foco, o resultado aparece. Para isso, recomenda-se pelo menos duas sessões por semana. “Mas quem busca emagrecer deve investir também em atividades aeróbicas”, ressalta Larissa.

INSPIRA, EXPIRA

A respiração, lenta e no tempo do exercício, é o ponto-chave do pilates. Ela ajuda no ganho de consciência corporal, no fortalecimento do core e na diminuição do stress e no controle da ansiedade.

Explicado, não?

Ver site oficial: http://revistalofficiel.com.br/porque-o-pilates-nunca-sai-de-moda/